Encerrar uma etapa.

14:51

Ontem foi a formatura da minha turma de ensino médio.Terminamos o terceiro ano, encerramos um ciclo e começaremos outro, bblablablablablá. Clichês por toda parte! Mas me fala, como não ser clichê?
Eu fui reprovada uma vez ao longo do Ensino Médio. Quando isso aconteceu, podiam usar o argumento que fosse, que eu, cabeça dura como sou, não aceitava que talvez essa reprovação fosse o melhor para mim.Só entendi isso na sexta feira, na missa, e ontem, na festa. Foram duas noites maravilhosas, cada uma a sua maneira. Duas noites que eu nunca, nunca, nunca vou esquecer, e acho que todos meus amigos formandos também não. Sexta de muitas lágrimas, sábado de muita farra.
Passamos por muita coisa esse ano. E não, não estou falando apenas do vestibular. Lembro que no início do ano, a Anete, professora de física, disse que viraríamos uma família. E é verdade. Convivemos 8 horas por dia, fora os estudos em grupo a noite para provas, as ajudas mútuas no grupo da sala no whats app...Acho que, justamente por isso, aprendemos a conviver. Acertamos nossas arestas, e passamos a levar de uma forma mais suave aquilo que incomodava antes. Esse ano, fiquei amiga de pessoas que nunca imaginei que um dia seriam minhas amigas. Recebi demonstrações de carinho maravilhosas de pessoas inusitadas, para quem antes eu torcia o nariz. As pessoas que já eram minhas amigas, e por que eu já tinha carinho, multiplicaram esse sentimento milhares de vezes, e fizeram um terreno firme para que essas amizades durem muito, muito, muito!
Em meio aos catetos, as meioses, as funções orgânicas, aos circuitos, aos simbolistas, as guerras mundiais, aos diastrofismos e ao present perfect, construímos anos de vida, anos de amizade, anos de muitas emoções!Adquirimos uma carga considerável de conhecimento, mas a sabedoria é rara, e vamos ganhando com o tempo....
O ensino médio acabou. Agora cada um vai para uma faculdade, uma cidade, fazer um curso diferente. É claro que nos afastaremos um pouco... Mas que saibamos contornar a distância e a falta de tempo. Vale a pena, afinal, quando teremos a oportunidade de conviver tanto com amigos como nós tivemos no ensino médio?
Tenho certeza que se existe uma doença cujo sintoma é excesso de otimismo, eu sofro dela. Podem me colocar em quarentena, mas tenho certeza da nossa capacidade, do potencial gigantesco que cada um de nós tem, de conquistar tudo que quisermos.Se você escolheu ser fisioterapeuta, médico, advogado, designer, estilista, nutricionista, engenheiro, professor, dentista, ou se escolheu vender queijo na praia, não interessa... O que interessa é sermos os melhores naquilo que escolhemos para nossas vida. Vamos pensar grande! Ou algum de nós já ouviu falar de Alexandre, o médio?
Me despeço do ensino médio com uma sensação de dever cumprido e de muita, muita felicidade. Pelo que acabou e pelo que está por vir!
A todos nós, desejo todo o amor que houver nessa vida! 
Valeu, terceirão!

You Might Also Like

4 Comentários

Posts mais vistos

Like us on Facebook

Flickr Images