E as estrelas, quantas são?

19:43

Ei, gente!
Escolher o livro para a primeira resenha foi difícil, mas acabei me rendendo ao "E as estrelas, quantas são?"

O livro é simplesmente apaixonante. Já li 4 vezes, e em cada uma delas, descubro algo novo. A autora italiana trata exatamente sobre o período de vida em que eu estou agora, e talvez isso justifique meu amor por esse livro: a transição da juventude para a idade adulta.
O livro é narrado por 2 pessoas que contam a mesma história, cada um por seu ponto de vista. São dois grandes amigos, Alice e Carlo.
Alice é a menina que tenta atender as expectativas de todos: é estudiosa, introspectiva e com alma de poeta. Carlo é sensível, e tenta ao máximo buscar seu lugar ao sol na dura hierarquia do colegia. Ela tem uma paixãozinha por Giorgio, um garoto que é o oposto dela, e ele se encanta por Ludovica, uma garota tão bonita quanto vazia do colégio.
Os dois se ajudam, se apoiam, e ao fim do último ano do colégio, sem nenhuma declaração ou conversa franca sobre seus sentimentos, percebem que se gostam mais do que dois amigos deveriam se gostar. Eles viajam juntos e vivem as férias de verão mais intensas que um casal jovem e cheio de vida pode viver... Resta saber se toda essa euforia de sensações será suficiente para manter o casal junto.
A narrativa tem muitos diálogos, o que não deixa o livro ficar chato, e faz muitas alusões ao mundo pop: cantores, marcas de roupas e carro e letras de música, tudo para ambientar perfeitamente a história.
Termino essa resenha com um trecho apaixonante do livro (ah, o livro tem vários trechos desse tipo):
"Mas as regras da perspectiva não valem para o amor. Você pode se afastar mil quilômetros, meses, anos, mas, basta se virar um instante, baixar as defesas um só segundo, e se deixar vencer pela lembrança, para encontrá-lo ali, bonito como sempre, com os olhos grudados nos seus, com a mão que tenta te deter, com o cavanhaque e a barba de alguns dias que te irrita a pele, com a boca que viaja por seu corpo; viaja, sim, porque o amor conhece estranhos meios de transporte. "
Nota: 10/10

You Might Also Like

0 Comentários

Posts mais vistos

Like us on Facebook

Flickr Images